12.11.08

Brasil e Cuba se encontram no palco...e no meu Dvd player!

Blogueiro comenta o show que reuniu Omara Portuondo e Maria Bethânia nos palcos: música envolvente, estética simples e requintada e platéia que dá seu recado sem exagerar na tietagem fazem um Dvd imperdível!

Comprei hoje o Dvd do show que reuniu, no primeiro semestre desse ano, Maria Bethânia e Omara Portuondo. Fiquei impressionado com o requinte das imagens, embora o cenário parece muito simples. Os movimentos de câmera são suaves, totalmente dentro do espírito do encontro das duas grandes artistas.
Além da beleza das vozes e do repertório escolhido pelas estrelas - em solos e duetos - há que se registrar a afinidade construída no palco. De estilos bem diferentes - algo claramente observável no figurino - Bethânia e Omara se divertem, se admiram, se respeitam. E se oferecem, por inteiro, à música que une Brasil e Cuba. Destaco os duetos em Cio da Terra, que abre o show, e em Tal Vez como alguns dos momentos em que essa integração fica mais evidente.
No mais, há a emoção da estrela cubana ao saudar seus companheiros do Buena Vista Social Club durante a visceral interpretação de Dos Gardenias. Ainda sobre Omara, é impressionante o vigor da artista em cena! E o calor com que convida todos a cantar a clássica Guantanamera. Um barato! Registre-se, também, o calor da platéia mineira que teve o privilégio de acompanhar o registro do espetáculo no Palácio das Artes, no começo de abril, sem atrapalhar o show com doses cavalares de tietagem explícita. Tão elegantes quanto as estrelas no palco, os mineiros deram seu recado e tornaram o registro do show afetuoso e caloroso.
Recomendadíssimo!
Postar um comentário