24.11.08

Fale agora...ou cale-se para sempre!!!

Os leitores mais assíduos sabem que não falo da minha vida pessoal aqui, não por ter grandes segredos, mas por achar que ela não tem nada de tão sensacional que justifique o espaço ocupado no blog. Mas para que eu possa contar essa história, é necessário fazer uma breve contextualização:
Fui casado. Casamento de verdade mesmo: Igreja, papel passado e tudo o mais que cerca a mística do evento.
Foi bom. Eu tinha 20 anos e ela também.
Ficamos casados por 2 - acho que alguns dias a menos que isso, na verdade...
E acabou.
Agora, vamos à história...
Sábado, num almoço familiar, um primo contou que iria a um casamento na mesma capela onde me casei. E uma tia, com sua voz sempre muito tranquila, soltou a bomba do dia:
- Ah, é muito bonitinha aquela capela! Eu já fui a uns 15 casamentos lá! - pausa dramática - Todos terminaram em separação!
A risadaria já era generalizada quando meu primo completou - já se despedindo de todos a caminho dos preparativos para o tal casório:
- Então vamos mudar o nome daquela paróquia! Tem que passar a ser Nossa Senhora da Separação...
O volume das gargalhadas atingiu os mais altos decibéis. E é por essas e outras que eu amo essa minha família maluca!!!
E que Nosso Senhor do Divórcio nos proteja em mais essa semana!!!
PS.: Gente, é brincadeira! Sem ofensas, viu?;)
Postar um comentário