14.8.08

'Vou pintar um arco-íris de energiaaaaaaa'...

Tinky Winky, o teletubbie roxo, teve sua sexualidade posta em debate logo depois da estréia da série. Gay ou não, o fato é que ele está longe de ser o único protagonista do debate sobre a homossexualidade no mundo da fantasia...


Outro dia, numa reunião de trabalho, uma especialista no debate sobre as questões relativas ao gênero sapecou, na lata: "Aquele tubarãozinho do filme 'O Espanta-Tubarões é gay!'".
Vi a animação. E fiquei chocado com a minha inocência em relação à orientação sexual do protagonista. Tudo bem que tinha achado que o bicho (eu disse bichO!!!) era meio diferentão...mas em momento algum me passou pela cabeça que aquela tubarão quisesse ser moréia!!!
Diante da minha surpresa, a especialista seguiu tirando uma série de personagens do armário: "Aquele bichinho do Madagascar também é!"; "Jay Jay, o jatinho é outro!"...e por aí fomos nós...
De repente, acabei passando a achar que devo ter desenvolvido - sei lá o porquê - uma espécie de redoma que não me permitia ver com esses olhos - ou com os olhos de quem só pensa naquilo - características relacionadas à sexualidade dos personagens infantis.
Ontem, conversando com um grande amigo, ele disparou: "A She-Ra queria ser o He-Man e o Príncipe Adam é uma moça, com aquele cabelinho chanel. Coiote e Papa-léguas também, uma tremenda viadagem! Sem falar no Pica-pau, que usa qualquer pretexto pra se montar..." Todas as revelações me arrancavam risadas, mas eu seguia na minha, ouvindo. E ele seguia em frente: "O Bob Esponja é mulher! Ah, lembra da Caverna do Dragão? Aquele Diana é um homem! E aquele garotinho loiro é uma mocinha! Sem falar no Vingador, que parece até um destaque de escola de samba!"
Continuei pensando no assunto. E a coisa foi ficando ainda mais colorida na medida em que eu lembrava dos desenhos animados da minha época. Quer exemplos? Os Ursinhos Gummy. Os Smurfs. A Velma, do Scooby Doo. A Tila, do desenho do He-Man. Enfim, praticamente uma parada gay do mundo do faz-de-conta...
Depois, passei a achar que isso é coisa de adulto, acostumado a ver maldade / sacanagem em todos os cantos. E o grilo ficou em minha mente. Portanto, ponha a boca no mundo, caro leitor! O que você pensa a esse respeito?
E se quiser arrancar mais algum herói do mundo da animação do armário, sinta-se em casa aqui nos comentários, ok?
Postar um comentário