21.1.09

BBB: máquina de fazer audiência, dinheiro e polêmicas...

Erro na publicação de notícia com o resultado da primeira eliminação do programa gera polêmica na Internet e faz ressurgir a "teoria conspiratória do BBB"...

É impressionante o poder mobilizador desse programa. E só isso pode explicar sua longevidade...
Não estou acompanhando o BBB 9, e digo isso com certa satisfação: é tempo que me sobra pra ler, ouvir música, assistir vídeos, blogar e navegar pela web. E foi justamente navegando que descobri a polêmica do dia: a Globo teria anunciado antes o resultado do paredão desta terça-feira. Há até um print-screen no ar, com a imagem da tal notícia publicada antes da hora.
O resultado da votação foi anunciado por volta das 23h, e a notícia, publicada às 21h.
Pronto: os teóricos da conspiração começaram imediatamente a apostar que o BBB é um jogo de cartas marcadas, que a Globo manipula tudo e todos e blá-blá-blá-blá-blá-blá-blá-blá-blá-blá-blá-blá-blá-blá-blá-blá-blá...
Muito exagero nisso tudo, turma! Em 2007, fui um dos editores de conteúdo do site do BBB - que, no período de exibição do programa, era o mais acessado do país! O que acontece é que, em dias de paredão, um perfil sobre os candidatos que estão sob votação é previamente escrito por um dos redatores da equipe. Assim, quando o resultado for divulgado, basta apenas incluir os números da votação, fazer uma ou outra menção ao discurso feito pelo apresentador no momento da eliminação e...pronto: o site está atualizado com uma matéria sobre o eliminado pouquíssimo tempo depois da divulgação da notícia pela TV.
É isso que acontece! Não tem nada "por trás" disso que contei...
A tal imagem da notícia publicada antes da hora, notem bem, nem traz as informações sobre o percentual de votos recebidos pela eliminada de ontem. Porque isso, é claro, só seria incluído no texto depois que a votação fosse encerrada e o resultado, divulgado. Simples assim!
O que houve nesse episódio é que, por uma infeliz distração, alguém publicou uma notícia que estava ainda na plataforma que gerencia o site. Como se alguém viesse aqui, agora, e publicasse esse post antes que eu terminasse de escrevê-lo...
Indo além na análise desse episódio, eu me sinto seguro pra afirmar que, se por um lado esse zum-zum-zum alimenta a máquina BBB, também serve pra movimentar a mídia em geral. Em nome dessa teoria conspiratória, muitos veículos sérios embarcam numa cobertura cheia de suposições, deduções e achismos. Querem um exemplo? Leiam esse post de 2007, que envolveu esse blogueiro aqui e a Folha Online. Um típico caso de viagem na maionese em meio à cobertura do programa...
Não tenho mais nenhum vínculo com o BBB, mas achei bacana escrever sobre. Acho curioso esse poder mobilizador exercido pelo programa num país com tantas questões mais sérias e urgentes. E acho lamentável essa teoria da conspiração. Desconfiar é bom, claro. Mas é melhor ainda quando empregamos nosso desconfiômetro em temas que, de fato, mudarão nossas vidas...
Postar um comentário