23.1.09

Rio: à deriva há 79 anos...

Já fiz aqui vários posts relatando o caos das chuvas no Rio de Janeiro. Agora, lendo essa reportagem do Globo Online, entendi o tamanho do problema em que estamos (literalmente) mergulhados - ou seria melhor submersos? - : especialistas apontam que o Rio não tem, até hoje, um Plano Diretor de Drenagem. Não há um detalhamento de onde ficam as galerias pluviais da cidade. O último plano realizado nesse sentido data de 1930. E nem é preciso dizer o quanto a cidade cresceu nos últimos 79 anos.
Essa informação dá a medida exata do tamanho da irresponsabilidade com a qual essa cidade tem sido tratada ao longo das últimas décadas! Um descaso impressionante, fruto daqueles que ignoram o fato de ser essa a segunda capital mais importante - e rica - do país e um dos principais destinos turísticos do mundo.
Li a notícia e fiquei pensando nas tragédias que poderiam ter sido evitadas se os recursos - provenientes dos impostos que nunca deixaram de ser recolhidos ao longo desses 79 últimos anos - fossem investidos para melhor a infraestrutura da cidade. Se já são 79 anos sem um plano para o escoamento das águas das chuvas, é muitas vezes maior que esse o número de vítimas da inoperância dos homens que se sucederam no comando dessa cidade. Quantas pessoas já morreram em enchentes sem que nada fosse feito pra aplacar o sofrimento de quem lida com a ameaça de perder tudo a cada janeiro?
E quantas mais vão morrer?
Isso é um absurdo! Coisa de um país que não tem a menor vocação para a seriedade...
Postar um comentário