24.1.09

Vergonha: estatísticas do desemprego agora incluem os irmãos Hypólito e Jade Barbosa...

Diego definiu o anúncio da extinção da equipe de ginástica do Flamengo como uma facada e pra mim, o esporte brasileiro foi atingido em cheio...

Li sobre a situação que a equipe de ginástica está enfrentando no Flamengo e bateu aquela vergonha de ver como o esporte é tratado nesse país. Se não é futebol, dane-se! Os irmãos Diego e Daniele Hypólito e Jade Barbosa - que já se encontram em situação de aviso prévio -não podia ser tratado dessa forma. Os três mobilizaram todo o país na Olimpíada de Pequim. Favorito, Diego estampava capas de jornais, revistas; estrelava anúncios e mais anúncios.
Mas o ouro não veio. E o apoio dos investidores também parece ter dado as costas ao bicampeão mundial.
Aliás, vale ressaltar a coerência e a hombridade do Diego - sempre vítima de piadinhas por se consagrar num esporte tido como feminino - que disse, ao lado do presidente do Flamengo, na coletiva de imprensa, que ele e suas companheiras de modalidade mereciam um tratamento diferente, "porque os dirigentes passam, mas os atletas ficam". Pra quem quiser assistir, aqui está o vídeo.
Pra mim, isso é uma tremenda covardia. Não falo do Flamengo - que é o meu time e, como clube de futebol, naturalmente prioriza os investimentos no esporte que lhe dá mais retorno financeiro. Mas falo das empresas e do governo. Diego é um atleta de ponta, no mais alto nível de sua modalidade. Não poderia nunca ser surpreendido por uma pindaíba dessas! E enquanto o Brasil encarar o esporte como supérfluo, seguiremos com desempenhos pífios nas grandes competições internacionais; dependendo apenas da superação de jovens que, mesmo sem qualquer apoio e incentivo, ainda precisam lidar com o peso da cobrança.

Vergonha mesmo!
Postar um comentário