6.1.09

Triste fim de Dedina...

Condenada por adultério: personagem de Helena Ranaldi, que já foi espancada pelo marido em praça pública, vai morrer em A Favorita...

Engraçado, mas me parece machista demais a solução encontrada pelo autor da novela das oito para o conflito envolvendo Dedina, Damião e Elias. A mulher, que já comeu o pão que o diabo amassou desde que a sua pulada de cerca se tornou pública, vai morrer.
Enquanto a personagem de Helena Ranaldi receberá a pena capital, o Léo, que já bateu na mulher e foi um traste do início ao fim da trama - chegou, inclusive, a tentar estuprar a própria Dedina -tem sido motivo de chacota graças à sua impotência sexual.
Mulher que trai morre. Homem que trai, fica impotente. Tô viajando na maionese ou rola mesmo um machismo danado aí?
Não se trata de fazer apologia à safadeza, é claro! Mas que, pra Dedina, o buraco tá sendo mais embaixo, isso tá. A sete palmos, pra ser mais preciso...
Quero saber as opiniões de vocês! Principalmente das mocinhas que acompanham o blog!
Comentaê, mulherada!
Postar um comentário