14.5.09

Condenado Mohammed D'Ali

Não é o ex-lutador de boxe! É aquele cara que matou e esquartejou a namorada inglesa, ano passado, em Goiânia. A defesa alegou que o xará do boxeador tem problemas psicológicos. Mas quem deu sinais de que (ainda) está regulando bem, hoje, foi a Justiça: 19 anos pelo assassinato e mais 2 anos pelo esquartejamento e pela ocultação do cadáver.
Vinte e um anos de cadeia. Mas o réu é primário e, em breve, pode ganhar a liberdade.
E você? O que acha, hein?
Postar um comentário