24.5.09

A imagem do século XX...

Camila Nin, figuraça e roteirista do Salto, acaba de me ligar. Está escrevendo um dos roteiros do programa e queria saber qual imagem do século XX tinha me marcado.
Definitivamente, não é uma pergunta simples. Ainda mais para um libriano, ser que vive eternamente perdido num mar de possibilidades...
Mas até que não demorei. Lembrei da imagem da menina correndo, toda queimada, depois de um intenso bombardeio na Guerra do Vietnã. Respondi a Camila e fiquei pensando nos motivos que me levam à essa escolha. Pra mim, a foto da garotinha representa todo o horror da guerra e dá a dimensão de como essas batalhas são cruéis e acabam por vitimar, na maioria das vezes, inocentes indefesos.
Pesquisando na rede, descobri que a menina se chama Kim Phuc, se tornou uma cidadã canadense e, além disso, é Embaixadora da Boa Vontade da Unesco. Além disso, descobri outra foto de Kim. Adulta, ela envolve um bebê num abraço cheio de ternura. É, sem dúvida, uma foto tocante. Bela delicadeza do gesto dela com o bebê, pela ternura que esse abraço transmite. E, claro, pela tristeza das marcas de um guerra impressas no corpo da mulher. O bom da foto é ver que, mesmo marcada para todo o sempre, Kim levou a vida em frente e demonstra ser capaz de amar. É vítima da guerra, mas, sem dúvida, uma mulher de paz.
Bacana, né? Esse tipo de coisa é que faz crer que o ser humano tem salvação...
E pra você, qual é a imagem mais marcante do Século XX, hein?
Comentaê!

Postar um comentário