31.5.09

Outra Noite Preta...

Ontem eu fui a um show de Preta Gil. E fiquei impressionado com a evolução da artista em cena! Cheia de suingue e deboche, Preta se revela muito mais que uma cantora no palco. É uma show-woman cheia de carisma e com um domínio completo do espetáculo.
Festejada pelo público gay - que costuma seguir a artista onde quer que ela vá - Preta mergulhou nesse universo e pinçou gírias e expressões divertidíssimas, que fazem a alegria de todos, independentemente da orientação sexual.
E o repertório segue a mesma linha: lá estão Baba Baby, de Kelly Key; Marrom Bombom, de Os Morenos; Tempos Modernos, de Lulu Santos; e hits do repertório de Preta, como Estéreo e Sinais de Fogo, ambos compostos por Ana Carolina.
Em suma: a Noite Preta é um programão! Quem vai dança, canta e ri muito!!!
Postar um comentário