23.5.09

Pra Luíza...

Ontem papai sentiu falta de você. Vontade de sentir teu cheirinho de bebê e de te fazer dormir enquanto encho sua bochecha rosada de beijinhos. Vontade de fazer caretas pra arrancar de você a risada mais gostosa que há no mundo e, depois, te fazer dormir deitadinha no meu peito...
Mas ainda não tá na nossa hora. Um dia a gente mata essa saudade do que ainda não viveu, tá?

PS.: Luíza é o nome da filha que ainda não tive...
Postar um comentário