28.1.08

Dá-lhe, Preta!!!

Vamos ao lead, como se diz no jornalismo: hoje li o post do blog de Preta Gil e concordo com a moça em gênero, número e grau!
Semana passada, passando por uma banca de revistas, vi a capa da Flash. E, de cara, saquei que ali se estava propondo um jornalismo muito boboca, pautado em estereótipos, preconceitos e congêneres. Colocar Preta Gil e Sabrina Sato lado a lado e dizer que elas exibem seus contrastes é uma apelação desnecessária, boba; um escorregão feio na trajetória da publicação. Até porque, qualquer dupla de beldades estampada ali também poderia exibir contrastes, porque todo mundo é diferente. Ou não?
Aí você pode estar dizendo: bobagem, tempestade num copo d'água! Coisa nenhuma! Concordo com a Preta Gil quando ela diz que esse deboche, esse preconceito, atinge todas as mulheres do Brasil! Porque impõe a todas elas a busca por uma perfeição inatingível e que, mesmo as musas, só alcançam com o auxílio dos Photoshops da vida, em seus ensaios sensuais programados pra vender rios de dinheiro.
Tolerar essa ridicularização em torno da forma física da Preta hoje é abrir brecha pra que, amanhã, se faça piada de alguém que é negro, gay, judeu e etc.
Y hay prejuicio, soy contra!
Postar um comentário