31.3.10

Cenas de uma academia...

Já tive diversas fortuitas passagens por academias. E, invariavelmente, elas eram abreviadas por uma equação fatal que tinha como elementos a minha preguiça de fazer exercícios pela manhã (elevada ao quadrado) e uma certa intolerância aos tipos comuns nesse tão específico ambiente. Uma gente egocêntrica, narcisista e, em boa medida, dona de uma conversa bem fútil. Combinação explosiva que jamais me fez durar mais que um semestre malhando ininterruptamente.
Dessa vez tem sido diferente. Malho depois do trabalho, à noite, e a preguiça simplesmente deixou de ser uma variável. Motivado pelos quinze quilos eliminados, sigo com mais humor para a malhação e nem me importo com a curiosa fauna de marombeiros e tchutchucas saradonas que disputam halteres e aparelhos comigo.
Mas, por vezes, é difícil não rir desses tipos. Hoje, vi uma senhora como cabelo no melhor estilo Xororó anos 80. Até aí, tudo bem. Sim, ok...nem tão bem, mas não me diz respeito. O fato é que a sósia do pai de Sandy & Jr parecia meditar sobre os rumos da economia mundial enquanto eu esperava para dar sequência aos exercícios no mesmo aparelho. E como a gente não comanda a mente o tempo todo, acabei soltando uma gargalhada ao imaginar a sertaneja malhadora matutando sobre as ofertas de amanhã no supermercado. Ou sobre o que faria pro maridão no jantar. Surreal!
Quando Xororó me deu a vez, fui lá carregar meu peso e, no descanso entre as repetições, avistei um daqueles marombeiros típicos. Todo bombado, todo suado. Aquele tipo clássico. Mas o curioso foi notar que, enquanto malhava, o cara se observava no espelho com aquele típico olhar de ave aprisionada. De modo que não foram precisos mais que dez segundos pra que eu sacasse que aquela lagarta musculosa está malhando pra virar uma resplandecente borboleta...
Mas em matéria de personagens curiosos, nada se compara ao instrutor. Gente boa, já deixou escapar mais de uma vez uma certa aversão aos "ratos de academia". E hoje, quando eu e uma amiga reclamamos do frio na sala de musculação, ele revelou: "Fui eu que abaixei a temperatura do ar. É pra ver se esses marombeiros vão embora logo!".
Estranho? Talvez seja porque a academia fica na Lapa...
Postar um comentário