12.3.10

Da série: "a pergunta que não quer calar..." 83

Governador do Rio foi às lágrimas ao comentar a decisão da Câmara dos Deputados
Por conta da aprovação de uma emenda constitucional que partilha os royalties do petróleo entre estados produtores e não-produtores - o que deve causar sérios prejuízos ao Rio de Janeiro - o governador Sérgio Cabral abriu o berreiro ontem, num evento realizado na Puc. Fez beicinho e tudo!
É claro que o assunto é sério, a decisão lesa o Rio e sua população e que, segundo o Governo do Estado, pode inviabilizar investimentos na Olimpíada de 2016 e na Copa de 2014. Ainda de acordo com o Palácio Guanabara, a alteração na lei fera a Constituição Federal.
Pois bem, a questão é grave e importante. Mas não resisto! E pergunto-vos: chorar assim, em público, não é coisa de Garotinho???
Sei não, mas o chororô teria feito mais sentido uns seis, sete anos atrás...
Postar um comentário