23.6.09

Sobre a entrevista do Padre Fábio no programa de Marília Gabriela...

Confesso que não sou um grande entusiasta dessa mistura entre religião, música e show. Não ouço as canções, não vejo os Dvd's e, portanto, não acompanho as carreiras dos padres-pop. Mas na madrugada de ontem, vi a reprise do Marília Gabriela Entrevista, no GNT, e me deparei com uma ótima entrevista concedida pelo Padre Fábio de Melo.
A postura do padre está longe de ser convencional. Assume que usa botox, malha, gosta de se vestir bem e faz uma defesa aberta da vaidade. Critica a associação entre sofrimento e recompensa, algo tão comum nas mentalidades de muitos cristãos. Não se furtou a responder as perguntas mais espinhosas, que envolviam temas como homossexualidade e a luta pelo mercado de fiéis. E, nessa hora, confrontado por Marília Gabriela, assumiu que interessa a Igreja ter sacerdotes em evidência na mídia.
Além do mais, Fábio de Melo é um homem articulado, inteligente, de bons argumentos e - o que me pareceu mais interessante - não tem aquele discurso rame-rame de quem sabe tudo o que é certo. Pelo contrário: admitiu ter muitas dúvidas e atribuiu a elas boa parte da beleza da vida.
Não virei fã do padre-artista. Mas gostei muito da entrevista. Gabi deu um show na condução do papo e foi muito inteligente ao fugir da obviedade de uma pauta voltada para a divulgação de livros, cds e dvds. Não é por menos que ela é considerada a maior entrevistadora da televisão brasileira...
Ao menos nesse programa, fez jus ao título. E com louvor! Com trocadilho, ok?
Postar um comentário