21.6.09

O mundo precisa voltar os olhos para o Irã...


Passei agorinha pelo Querido Leitor e vi um post que me deixou bem assustado. É sobre a repressão contra os protestos que estão em curso no Irã. Os protestos são motivados pela reeleição, pra lá de suspeita, do Ahmadinejad.
Concordo com a Rosana Hermann: essa é uma questão humanitária. A população do Irã está sendo submetida a uma perseguição covarde. As pessoas não têm direito a manifestar suas opiniões e são obrigadas a assistir uma vitória construída no tapetão, na maior cara de pau!
As reações são muitas e o mundo precisa estar sensível a elas! São jovens que se enchem de coragem e vão às ruas do país para gritar aos quatro cantos que esse presidente, ora reeleito, não conta com o apoio popular. Que não é um representante legítimo! São jovens heróis iranianos, que dão a vida em favor de seus ideais de um país melhor e mais justo...
Igualmente heróicas são as posturas dos outros iranianos que têm buscado a internet como aliada para mostrarem ao mundo o que se passa nas ruas e nas praças desse país. Esses jovens reportam tragédias, mostram imagens que chocam e dão a exata medida de quão violenta tem sido a realidade enfrentada no Irã. São imagens como a da morte de uma jovem, que está linkada ao post do blog da Rosana. Cercada por um grupo, a menina agoniza e sangra até morrer. Ao seu redor, todos gritam. E jogam na nossa cara a dor de um país achatado pelo autoritarismo e pela violência...
Um chefe de Estado que impõe uma rotina tão cruel à sua população não pode, jamais, ser reconhecido pela comunidade internacional!
Aí você pode se perguntar: qual o sentido desse post? E eu respondo: também não sei! Mas acho que, depois de ver as imagens que vi, precisava, de alguma forma, aliviar a minha consciência...

PS.: Aqui, mais fotos, vídeos e informações - em inglês e no idioma local. É tudo muito chocante, ok?
Postar um comentário