18.7.08

Eu vou, eu vou...pra Bangu 8 agora eu vou...

Achei irritante demais acordar e ver hoje, na capa da Folha de S. Paulo, a foto de Salvatore Cacciola sorrindo a caminho da penitenciária. Aliás, todo o episódio parece non sense demais: um homem condenado pela Justiça que resolve pedir para não andar no carro da polícia. E tem seu pedido atendido.
Como assim? O que mais ele quer? Foie gras, caviar, vinhos franceses, banheira de hidromassagem e TV por assinatura na sala?
Ou será que o sorriso que o ex-banqueiro ostenta na foto do jornal se deve à certeza de que, em breve, voltará a desfrutar de tudo isso?
Postar um comentário