7.8.07

'Toma lá, dá cá': risadas garantidas com Falabella e sua trupe

Elenco de primeira e texto inteligente e cheio de graça fazem parte da receita do sucesso de 'Toma lá, dá cá'

Acabo de ver a estréia de 'Toma lá, da cá'. E me diverti bastante! O texto de Miguel Falabella e Maria Carmem Barbosa estava primoroso! Arlete Salles deu um show no papel da coroa 'muderna' e abrilhantou ainda mais o programa. O elenco todo esteve muito bem e, entre os jovens atores, Fernanda Souza me pareceu ainda buscar o tom ideal de sua personagem. Mas já mostrou em trabalhos anteriores que é boa atriz, tem o dom da comédia e, certamente, vai encontrar seu caminho em mais essa empreitada.
Otávio Augusto também só colaborou para que esse primeiro episódio fosse bem sucedido. Como o deputado-banguela que acaba perdendo a linha no Congresso, o ator mostrou mais uma vez seu talento. E Marisa Orth, fantástica, fazendo rir num papel completamente diferente de Magda.
Aliás, para quem esperava um novo 'Sai de Baixo', a noite deve ter sido de desilusão. 'Toma lá, dá cá' tem seu próprio ritmo, tem um texto muito bem trabalhado e, ainda por cima, já deu mostras de que vem muita crítica social pela frente!
O único senão da estréia é técnico: vez por outra, o áudio falhava, ou parecia num nível mais baixo que o normal. Dificuldades normais quando se grava um programa como se fosse 'ao vivo', com platéia, com um estúdio fazendo as vezes de teatro. Mas nada que a TV Globo não possa superar em breve...
Pelo visto, se o Ibope confirmar o sucesso da estréia de hoje, 'A diarista' deve acabar mesmo aposentada...
Postar um comentário