26.8.07

Sobre o 'fim' de Sandy e Junior...

Passeando ontem pelo shopping, me deparei com essa peça promocional do novo disco de Sandy e Junior - o último disco de uma carreira de 17 anos, como todos já devem saber, tamanho o esforço de marketing que a gravadora tem feito para vender a idéia do fim da dupla.
Achei a foto linda. Mas, cá entre nós, o texto é oportunista até dizer chega! Completamente dispensável. O abraço dos irmãos é o tipo de imagem que, como diz o ditado, já valia "mais que mil palavras".
Aliás, falando neles, digo aqui que não tenho absolutamente nada contra os dois. Não tenho o menor preconceito com música pop (desde que possa ser considerada música, claro). E acho que são dois jovens muito talentosos mesmo.
Exatamente por isso, ouvi o tal "último cd", o 'Acústico MTV'. E tenho uma impressão: com o fim da dupla, é provável que a Sandy tenha mais barreiras a superar que seu irmão. Porque Junior, um dos produtores do álbum, já é notadamente reconhecido como um bom músico, bom arranjador e sensível na hora de produzir suas canções.
Bom, e você deve estar se perguntando sobre Sandy. Pois é...na minha modesta opinião, a filha do Xororó tem um grande obstáculo a superar: a voz. Se anos atrás, quando era uma mocinha capaz de representar o ideal de "a filha que todos nós queremos ter", Sandy soava uma grande cantora; hoje me parece uma mulher carregando uma voz de menina. De 15, 16 anos. Uma voz bonita, agradável de se ouvir (em alguns momentos), é verdade; mas uma vez sem o viço de mulher que pode fazer toda a diferença na hora da anunciada "carreira solo".
Em alguns momentos do Cd, parecemos ouvir a gravação original das canções, tal o grau de imutabilidade da voz de Sandy. Sem contar que o grave ali passou longe...
Torço para estar errado porque não há, de minha parte, o menor motivo para ansiar por um fracasso na carreira dessa jovem cantora. Torço para que escolha um repertório grandioso, que deixe em segundo plano as limitações de sua voz (afinal, todos temos limitações). Mas acho, honestamente, que a batalha será árdua. Porque num país tradicionalmente marcado por grandes cantoras, a concorrência vai ser fortíssima...
Ah...e tomara que, quando resolver lançar seu álbum solo, Sandy dê um chega pra lá nesse tipo de marketing que acabou por gerar esse post. Do contrário, já posso até imaginar uma foto dela em preto e branco, um pouco desfocada, olhos fechados, e a frase: "Começar de novo..."
Não precisa, né não?
Postar um comentário