8.3.08

Pra elas...

Eis que chega o dia de dizer às moças que um dia é pouco pra celebrar-lhes. Vinte e quatro horas passam voando diante de tanta coisa boa a dizer e a fazer por essas belas, doces, amargas e, sobretudo, adoravelmente contraditórias mulheres. Enfeites que Deus colocou sobre a Terra e que - mesmo quando destoam um pouquinho do restante da decoração - cumprem o papel de deixar tudo mais leve, divertido e, é claro, belo.
Meninas, moças, mulheres, senhoras, velhinhas...parabéns pelo dia no qual todos paramos para olhar pro lado e ver que, sem vocês por perto, nada teria a mesma graça!
Bjs a todas as muitas mulheres que me cercam e que tornam minha vida melhor! E também a todas as leitoras aqui do B@belturbo!
Postar um comentário