6.3.08

Paulistês*

Sem treta, mano: Sampa tá bonita merrmo! Saca, a cidade tá limpa, as rua tão bem iluminada e os hômi tão dando a maiorr assistência, firrmeza mesmo!
Bom, tá cerrrto que o trânsito tá uma merrda, que os carro toma conta das marrginais cedão e dá um nó em tudo mas, mesmo assim, a cidade tá da hora!
Ah, quando cê vierr, dá um chêgo lá na Vinte e Cinco, mano! Na cerrta cê vai sairrr carregado de sacola, cheio de produto imporrtado pelos chinês da Pajé. Mas tem que ficarr ligado: se num desenrolarr numa boa com os cara, eles enrola merrmo, no carão!
Ó, é isso! Vem currtirrr Sampa e descobrirr que a selva de pedra é muito mais que cê imagina!

* É claro que o texto é uma brincadeira com os paulistanos. E uma homenagem a São Paulo, terra da garoa, do chops e dos pastel. Terra que aprendi a conhecer, e da qual passei a gostar um pouco mais nos últimos dias...
Postar um comentário