6.3.06

Sobre o filme dos cowboys

É o filme mais comentado da temporada. Bela fotografia, bela música. Uma bela história. Vi só ontem e, na minha modesta opinião, querer rotular "O Segredo de Brokeback Mountain" como um filme gay é não querer ver como a história contada por Ang Lee é universal...
Quem nunca quis viver um grande amor? E quem nunca teve a impressão de "ter encontrado a pessoa certa na hora errada, no lugar errado"? Algumas vezes é mesmo o lugar errado. Em outras, a "pessoa certa" não é tão certa assim. Mas a gente segue tentando, o importante é não desistir da busca. O importante é não deixar que nada nem ninguém venha impedir que essa procura seja feita. E viver, caso haja o encontro tão sonhado.
Só isso já faria de Brokeback Mountain uma história universal. E, mais ainda, quando a gente pensa que todo mundo apanha um bocadinho até encontrar e viver um grande amor. Mas, depois de ver o filme de Ang Lee - favorito ao Oscar 2006* - a gente sai do cinema com a impressão de que tudo é muito pouco pra impedir que um grande amor possa ser vivido.
* nem sempre o favorito chega na frente. Foi o que houve no Oscar desse ano. Crash na cabeça.
Postar um comentário