5.12.09

Sobre a campanha do Dia Mundial de Luta contra a Aids...

No que diz respeito ao uso de preservativos, o Brasil tem um histórico de campanhas desastrosas. Sempre apelando pro humor, acabam fazendo graça e criando polêmica, sem que as mensagens mais importantes sejam, de fato, levadas à população. Esse ano, no entanto, o Ministério da Saúde acertou em cheio ao mirar o preconceito e promover uma campanha simples, bonita e clara. Quem não viu, pode ver agora:


A história é real. Samir tem 25 anos, é professor e tem o HIV desde 2005. A namorada é Priscila, de 27 anos, que não tem o vírus. A imagem do beijo tem uma força impressionante, é um tiro certeiro na ignorância e no preconceito. Além de ser uma bela forma de falar de um assunto delicado e - ainda - tão polêmico e ignorado. Uma ótima ideia e muito bem executada.
E você, o que achou?
Comentaê!!!
Postar um comentário