27.12.09

Celebridades, mídia e escândalos: um velho caso de amor...

Dia desses, meu chefe me mostrou um trailler de 10 minutos da minissério Dalva & Herivelto, que a Globo vai lançar em janeiro. Fiquei impressionado com a qualidade da produção e com o bom desempenho dos atores. E chegou a apostar que o lançamento tem tudo para repetir o sucesso de Maysa, exibida no começo desse ano.
Mas além do requinte da produção, outra coisa me chamou a atenção: a forma como os escândalos da vida pessoal dos protagonistas eram cobertos pela imprensa da época. Cobertura ostensiva mesmo, capaz de fazer cair por terra a ideia de que o jornalismo de celebridades é um fenômeno recente. Cada briga, cada separação, cada volta de Dalva de Oliveira e Herivelto Martins estampou páginas e páginas dos diários brasileiros, num exemplo claríssimo de onde começou a tendência que, décadas depois, Lady Di, Michael Jackson, Madonna, Amy Winehouse - entre tantos outros - experimentariam, como aliás bem sinaliza a campanha promocional da minissérie.
A razão do post? Nenhuma em especial. Só uma certa impressão de que a vida, os costumes, a cultura e, nós todos, de certa forma, estamos sempre nos repetindo. Ou reinventando um jeito de fazer algo que muitos já fizeram no passado.
Filosofei? Foi mal...
Postar um comentário