10.5.07

Outra de sua excelência, Clodovil...

Vendo o "Jornal da Globo" de ontem, fiquei completamente chocado com a notícia sobre a última "peripércia" do deputado Clodovil Hernandez. A cena lembrava tudo, menos a imagem do foro maior do Legislativo de um país que se pretende sério. Cida Diogo, deputada do PT do Rio cutucava o presidente da sessão, Inocêncio de Oliveira,do PR de Pernambuco, para se queixar do colega-estilista, que a teria agredido verbalmente.
Toda a polêmica envolvendo o apresentador-político começou quando ele afirmou que "as mulheres hoje em dia trabalham deitadas e descansam em pé". Ofendidas com a (grosseira) declaração de Clodovil,deputadas organizavam um requerimento para que ele se retratasse publicamente. Foi quando Cida diz ter ouvido os impropérios do deputado-língua-solta...
A matéria do "JG" continuava com uma entrevista na qual o próprio Clodovil repetia o que, momentos antes, havia dito à colega de plenário: "Digamos que uma moça bonita se ofendesse porque ela pode se prostituir. Não é o seu caso. A senhora é uma mulher feia. Vai ser senhora, família. Agora eu tenho culpa que ela nasceu feia, gente?".
Confesso que a matéria, primeiro, me fez rir. Muito. Mas, agora, fico aqui pensando que a população precisa rever URGENTEMENTE seus critérios de votação...! Se já era desagradável ver Clodovil destilar seu festival de grosserias em seus programas televisivos, agora, me parece inadmissível ver que esse senhor transforme a Câmara num picadeiro de circo. Ainda mais oferecendo um espetáculo tão preconceituoso. E tão sem graça...
Postar um comentário