25.2.10

Sobre um feliz encontro com a Companhia Língua de Trapo...

Essa semana de trabalho aqui em Brasília tem rendido bastante. Para o trabalho e pra mim, pra lista de momentos especiais que a gente tem a felicidade de experimentar nessa vida. Um deles foi a visita ao Centro de Ensino Fundamental 4, uma escola que fica na cidade-satélite de Planaltina, onde está situada uma companhia de teatro, a Cia. Língua de Trapo. São cerca de 40 crianças e jovens - completamente apaixonados pelo teatro - e que, com simplicidade e muito talento, têm feito descobertas incríveis sobre os palcos, e com total apoio dos pais e da comunidade que, veja só, não tem um teatro.
Conversando com parte do elenco da Língua de Trapo, fiquei emocionado com o brilho nos olhos daquela turma apaixonada pela arte. Tão jovens, tão desenvoltos, tão talentosos e cheios de sonhos, aqueles meninos e meninas são exemplos de como muitas das nossas crianças e jovens poderiam descobrir caminhos inimagináveis se tivessem, diante delas, mais oportunidades.

Outro momento bonito foi acompanhar a visita dessa turma ao Teatro Nacional, bem no coração de Brasília. O palco é um dos maiores do Brasil e foi tocante ver a felicidade dos pequenos atores da Língua de Trapo quando seus pés pisaram aquele terreno sagrado. Pude até ouvir os aplausos - sonhados e merecidos - que eles receberiam se encenassem ali um dos espetáculos do repertório da Companhia. Sei que eles sonharam com isso naquele momento. E que bom ver crianças e jovens que cultivam a possibilidade de sonhar...
Mas um dos momentos mais felizes dessa viagem - e, posso dizer, desses meus 10 anos de carreira, foi o encontro com o seu Perdiz. Mas essa é uma história longa, que vou contar em outro post...
A série sobre Teatro e Educação vai ao ar em maio, no Salto para o Futuro. O link para o site do programa está na Linkaiada, no canto direito do B@belturbo.
Postar um comentário