16.10.06

Broken

Posted by Picasa

Tinha consciência de tudo o que tinha aprendido com ela. Tornara-se mais responsável, mais maduro, mais sensível, mais carinhoso, mais companheiro, mais tolerante. Depois de tanto tempo, não havia dúvidas de que era uma pessoa melhor.
Agora, afastados por um tempo que só Deus poderia supor o quanto duraria, sentia falta de um aprendizado. Mais amoroso, mais maduro, mais carinhoso, mais companheiro, mais tolerante...mais sensível...rompeu as barreiras que os afastavam, olhou nos olhos dela e disse, chorando:
- Você só não me ensinou a viver sem você...!
Amar é não ter vergonha. Amar é não ter orgulho. Amar é entrega.Amar é querer compartilhar uma vida inteira - de momentos de extrema felicidade, e outros, de problemas enlouquecedores. Equacionar esses últimos, a quatro mãos, também é amar.
Agora, sabia de tudo isso. E torcia muito para que não fosse tarde...
Cá do meu canto, também torço!
Postar um comentário