14.10.06

XX anos...

Casa da minha prima. Xuxa na televisão, celebrando seus 20 anos de Globo. Nosso diálogo:
- Como a gente podia gostar disso? - ela disse.
- Uai, a gente era criança! - respondi.
Xuxa teve um tempo todo especial. Para as meninas, ela era o modelo de beleza, de sucesso. Para os meninos, era uma gata! Era o que eu via nela. Nunca achei muita graça no seu programa - preferia o Bozo, como já disse aqui. Gostava dos desenhos: Caverna do Dragão, Tom&Jerry, He-man, Smurfs, Pica-Pau...e, vá lá, Ursinhos Gummy (aqueles que tomavam um suquinho meio batizado e ganhavam super-poderes).
Hoje, 20 anos depois, Xuxa me pareceu meio perdida. Linda mulher tentando parecer ainda menina, ainda moleca. A imagem brigando com o discurso. Carismática, comunicadora...mas algo nela não bate; algo ali me incomoda. E não é preconceito, é opinião de alguém que acompanha essa jornada de duas décadas.
Acho que ela perdeu o bonde da história ao deixar de falar para um público mais adulto - o seu público, que nasceu e cresceu acompanhando seu "xou". Não é à toa que uma amiga - convidada para a festa fechada pelos 20 anos de Globo - me disse que as mães e os pais curtiram muito mais a apresentação que os pequenos.
Mas, contudo, é dona de uma carreira respeitável. Dona de uma legião de fãs. E merecedora de tudo de bom que tem lhe acontecido desde 1986. E que, eu espero, continue acontecendo.
Ah, outro comentário de minha prima:
- 1986? Caramba! Como eu tô ficando velha!!!
Pois é...eu também!
Postar um comentário