26.10.08

E, mais uma vez, as urnas falaram...

Altíssimo o percentual de abstenções no segundo turno carioca. Pensar que 20% dos cidadãos da cidade deixaram pra trás a oportunidade de definir os rumos que o Rio tomará nos próximos quatro anos demonstra, além de um certo desencanto com a política, um completo desapego com o nosso lugar. É claro que há, sempre, os que são impedidos de votar por algum imprevisto. Mas, segundo especialistas do próprio TRE, esse índice tem variado - nos últimos pleitos - entre 12 e 14%.
Os 6% que se somaram à essa estatística hoje poderiam, por exemplo, ter mudado o resultado das urnas...
Resultado que gerou protestos na blogosfera: Rosana Hermann, por exemplo, fechou seu blog por hoje - e vale lembrar que trata-se de um dos blogs mais visitados do país. Em protesto, ela anuncia que só volta a postar amanhã...
Fato é que a democracia é assim. E que é soberana a vontade de maioria - mesmo quando ela é tão pequena, como no caso do Rio. Agora, cabe a todo carioca o papel de fiscal, acompanhando permanentemente os passos tomados pelo prefeito eleito; cobrando o cumprimento de suas promessas e, claro, torcendo para que ele possa fazer um bom governo.
Porque se o resultado das urnas apontou uma divisão tão marcante nas concepções políticas dos cariocas, num ponto todos devem concordar: o mais importante é que a Cidade Maravilhosa seja bem cuidada...
Postar um comentário