28.11.07

Reflita sobre a publicidade! "Eu recomendo!!!"

"Faça como eu", "Eu só uso", "Eu experimentei e aprovei": jargões de propagandas que se utilizam de celebridades para empurrar mais e mais produtos goela abaixo do consumidor...


Eu acho que a publicidade precisa se reiventar! Não sou carola, não sou do tipo que culpa a mídia - e o consumo - por todos os males enfrentados pela humanidade mas, cá pra nós, dá pra levar a sério uma propaganda de shampoo baratinho estrelada por Gisele Bündchen, a top mais bem paga da atualidade?
Dá pra acreditar que aquela atriz gostosona faz a dieta do shake? Ou a da sopa? E que o galã saradão usa um aparelho que emite estímulos elétricos para ficar com a musculatura tonificada? Sem falar nos atores ricaços, que vivem indo ao exterior o tempo todo, que anunciam lojas populares, sem marcas conhecidas...balela pura!
Claro que a idéia de usar gente conhecida em comerciais não deve ser deixada de lado. Aliás, há vários comerciais que usam dessa estratégia e são bem sucedidos. Quer um melhor garoto-propaganda para uma cervejaria que o Zeca Pagodinho?
Por outro lado, há casos em que a incoerência grita dentro da cabeça do espectador - que, diga-se de passagem, não é nada bobo! Vender a Xuxa bezuntada de hidratante baratinho ou a Sandy passando um óleo popular na pele, sabendo que elas têm dinheiro de sobra pra usar os melhores cosméticos da galáxia é, no mínimo, colocar um nariz de palhaço bem no meio da cara do consumidor!
Postar um comentário