29.8.09

Sobre a estreia de Amor & Sexo...

Acabo de conferir a estreia de Amor & Sexo, novo programa de Fernanda Lima na Globo. E a atração, rara investida global no terreno dos programas de auditório, surpreendeu bastante! Primeiro, pela leveza e pelo bom gosto na forma de tratar do tema. O roteiro foi muito bem elaborado, ágil, e merece elogios pela qualidade inquestionável do texto. Tudo o que a apresentadora disse parecia correto do ponto de vista politicamente correto, mas sem jamais parecer careta.
Além disso, Amor & Sexo surpreendeu positivamente pela variedade de quadros. A ideia de mostrar um casal que já completou as bodas de ouro como repórteres do programa foi simpática e divertida. Os dois têm muito carisma e, além disso, mostrar pessoas maduras falando de sexo contribui para enterrar a ideia de que vida sexual ativa e cabelos brancos não combinam.
Outro quadro interessante foi o que mostrou a apresentadora tentando formar casais nas ruas. Edição transada, trilha sonora bacana e um tom descontraído, que permitiu até a exibição de um momento em que um possível alvo da brincadeira correu e deixou Fernanda Lima no vácuo. Desencanada, ela riu. Pareceu sinceramente se divertir com o momento cupido...
Aliás, essa foi uma das características mais marcantes e um dos principais méritos do programa: mostrar, finalmente, uma Fernanda Lima que parece à vontade na própria pele. Desde a sua estreia na Globo, a gaúcha que usa o tu sem flexionar os verbos não tinha mostrado a própria cara. Cobriu licença-maternidade de Angélica, fez novelas; mas não tinha encontrado o próprio espaço; não tinha conseguido mostrar o próprio brilho. Hoje, num programa que Fernanda confessou ser seu projeto mais autoral na emissora, ela, enfim, brilhou.
Enfim, gostei bastante! Da vinheta às tiradas hilárias de Léo Jaime, tudo pareceu apropriado e no tom exato para fazer um programão para as noites de sexta. Ou, ao menos, para as noites de sexta em que não se tem outras opções...
Postar um comentário