24.7.09

Pensata sobre o amor...

É engraçada essa vida doida que nos contraria pra nos satisfazer. Que desagrada pra, em seguida, mostrar que era boa a surpresa. Que afasta para aproxima, separa para unir.
Curioso pensar que um ser superior pode se divertir muito às custas dessas nossas trapalhadas diárias...
Hoje eu comemoro o fato de ter cada vez menos certezas sobre nós. Rio de todas as dúvidas que pairam e me sinto muito feliz por saber que, num cantinho qualquer de você, há muito de mim.
E isso é o que vale, sabe? Bom mesmo é saber que vale a pena amar quem se ama. Que vale a pena ser amado de volta. E que, dentre todas as formas de amor, não há uma que se sobreponha às outras. Tudo é amor, tudo é bonito; tudo é a essência do que de mais belo podemos sentir, ter, oferecer e dar.
Postar um comentário