3.4.08

Ana Carolina revisita os quartos...

Novo projeto de Ana Carolina une produção requintada à roteiro instável...

O Multishow acaba de exibir o "Dois Quartos Ao vivo", de Ana Carolina. Produção requintadíssima, iluminação e cenários caprichados, edição ágil e, no palco, uma cantora que pretende se mostrar mais solta.
Pretende...
Dançar em cena não parece ser a praia da Ana Carolina. E isso não é demérito, é apenas a constatação de que cada um deve ficar na sua. Dançando meio sem jeito, Ana paga alguns micos e expõe uma faceta de Sidney Magal no palco. Sendo que o cantor da clássica "Sandra Rosa Madalena" tinha lá algum molejo.
O repertório é bem irregular, calcado no igualmente irregular CD duplo "Dois Quartos", em sua versão de estúdio. Entre as baladas, destacam-se "Ruas de Outono", "Aqui", "Carvão" e "Um edifício no meio do mundo". Mas "Eu que não sei quase nada do mar" - gravada por Maria Bethânia no CD "Pirata" (2006) e "Cabide", originalmente registrada por Martinália, também rendem momentos de qualidade. Assim como o "Milhares de Sambas", cantado por uma Ana mais discreta e menos afetada em cena.
Pra mim, fica a impressão de que Ana Carolina precisa se livrar das amarras de hitmaker e, com isso, conquistar mais liberdade para oferecer um repertório mais plural ao público. E que esteja à altura de sua bela voz - que só não fica tão bela quando ela resolve gritar no palco. E, infelizmente, isso ainda acontece em muitos momentos...
Postar um comentário