11.2.08

Descombinações...

Ainda sobre o finde: pós-teatro combina com pizza, que combina com refrigerante, que, definitivamente, não combinam com os meus 40 minutos diários de corrida. Vá lá, não sou general e minha vida não é passada num quartel; mandei a pizza pra dentro de com força!
Mas pizza - quatro pedaços!!! - não combina com roda gigante, eu garanto! Nem com aquela, enorme, patrocinada por uma cervejaria. Sabe, minha gente, não desce redondo! Isso pra não falar de um certo medo de altura, que também está longe de combinar com uma voltinha na atração que oferecia uma linda vista da orla de Copacabana.
E pra deixar ainda mais gritante a falta de sintonia entre a pizza e as voltinhas nas alturas, nem preciso dizer que rodar o carrinho onde estão sentadas pessoas que se entupiram de pepperone, lá nas alturas, está longe de ser uma boa idéia, né?
Resultado: um enjôo faraônico...
Vou sugerir aos organizadores que, ano que vem, repitam a dose (sem trocadilho etílico) e instalem a roda novamente lá no Forte de Copacabana. Só que, por via das dúvidas, que tal colocar ao lado uma montanha-russa patrocinada por aquele remedinho contra mal-estar digestivo? A gente vai pra montanha-russa, toma um; vai para Roda (roda, roda, roda e avisa) e, na saída, passa na montanha-russa e toma outro.
Aposto que, aí sim, vai descer redondinho!!!
Postar um comentário