21.9.09

E eu conheci a casa onde nasceu José de Alencar...

Hoje eu vivi uma emoção diferente: conheci a casa onde, há 180 anos, nasceu José de Alencar, um dos mais importantes autores da literatura brasileira. E justifico essa sensação: dos clássicos, esse é um dos meus preferidos. Li O Guarani, Iracema e Senhora, três dos nossos romances mais conhecidos. E, apesar de ter lido tudo isso obrigado, nos tempos de escola, gostei muito. E não posso dizer o mesmo de Machado de Assis, que li nas mesmas circunstâncias e detestei...
Recentemente José de Alencar cedeu seu nome para um bairro aqui de Fortaleza. Um bairro com uma história marcada pela ausência do poder público, pela falta de condições ideais de vida e, sobretudo, por uma população que trata a escola como uma ponte que pode levar a um futuro mais digno. Uma comunidade que lutou para que as obras da escola fossem concluídas e que tem se empenhado em participar das importantes decisões tomadas dentro do ambiente escolar.
Uma história tão bonita quanto a dos romances do patrono. E que me faz crer que, de onde está, enche de orgulho o criador de Iracema...
Essa história toda vai ao ar em novembro, no Salto para o Futuro.
Postar um comentário