15.9.09

Uma breve divagação esotérica...

Vindo pra TV hoje cedo, parei num sinal de trânsito e, enquanto a chuva despencava de uma nuvem cinzenta qualquer, avistei um daqueles clássicos cartazes colados em postes. Não era nada original; a mensagem era a boa e velha: "Trago a pessoa amada em três dias", seguida do nome e dos telefones de contato da tal mãe de santo.
Eis que, num estalo, eu me pus a pensar: por que raios, com tanta tecnologia disponível hoje em dia, as mães de santo, tarólogas e afins ainda demoram três dias pra encontrar a tal da pessoa amada, gente? Não tenho dúvidas de que, em certos casos, apelar pro São Google pode trazer resultados bem mais ligeiros. Né não?
Postar um comentário