20.2.09

Zero, nota zero!

Homenagem de telejornal global arranca (muitas) lágrimas de Neguinho da Beija-Flor e abre o dia de forma melodramática. Jornalismo ou entretenimento?

Hoje, tomando café-da-manhã no hotel com a equipe, vimos uma matéria do Bom Dia Brasil, da Globo. Era uma espécie de celebração aos mais de 30 anos de carnaval de Neguinho da Beija-Flor. Até aí, tudo bem: o intérprete da azul e branca de Nilópolis é mesmo um dos mais carismáticos personagens do carnaval do Rio.
Só que além do talento, da simpatia e de toda a história acumulada nessas três décadas destinadas ao samba, a reportagem - do sempre ótimo Marcos Uchôa - também abordou um tema delicado: o câncer que Neguinho da Beija-Flor enfrenta atualmente. Até aí, ok: a doença é um fato e o público está ávido por saber se a voz titular da Beija-Flor estará ou não na Sapucaí nesse ano...
Só que a matéria virou uma espécie de Arquivo Confidencial do programa do Faustão, com parentes e amigos do artista enviando mensagens positivas e contando histórias de sua vida. Resultado: emocionado, Neguinho caiu em prantos. Chorou copiosamente diante das câmeras e de um constrangido Marcos Uchôa, que tentava consolá-lo diante de tão delicada circunstância.
No fim, cortinas se abriram e a bateria da Beija-Flor começou a tocar. Amigos do cantor e personalidades do mundo do samba se enfileiravam para o abraço. Com os olhos ainda inchados e vermelhos, Neguinho sorriu um sorriso amarelo e se colocou a postos pra mandar aquela mensagem de alegria e gran finalle que teve ter sido pensada por alguém que, claro, deve ter imaginado ser aquela uma ideia genial.
Não foi. E ficou completamente fora do padrão do Bom dia Brasil, um dos melhores telejornais da TV brasileira...
No quesito bom gosto, nota zero!

PS.: Para ver online a matéria e tirar suas próprias conclusões, clique
aqui.
Postar um comentário