21.2.09

Sábado de carnaval...

Quando soube que passaria o sábado de carnaval em Campinas, não posso negar, fiquei bem desanimado. Desde o ano passado vinha planejando mais uma saída pelo Bola Preta e estar longe do Rio exatamente no dia do grande desfile do maior e mais antigo bloco carioca comprometeria, e muito, os meus planos para a folia.
Hoje, vi as imagens do Bola pelo JN e bateu aquela pontinha de tristeza por não estar no meio daquela farra. Mas não posso dizer que tenha tido um dia ruim. Aliás, longe disso...
Trabalhei, é bem verdade. O que, aliás, está longe de ser o melhor programa para um dos dias de festa. Mas, por outro lado, tive a oportunidade de acompanhar belíssimas manifestações da cultura popular brasileira. De manhã, conheci o grupo de Folia de Reis Azes do Brasil; uma turma que leva em frente uma tradição de mais de um século. Bati um longo papo com Seu Tião Mineiro, o Capitão Embaixador da Folia, e fiquei muito feliz por ter encontrado um homem tão cheio de sabedoria, tão humilde e de tanta fé. Fomos - eu e toda a equipe do Salto - recebidos com muito carinho, acompanhamos um belo ritual da Folia e ainda comemos do pão produzido coletivamente, num momento de fé ímpar. Sem falar no cântico entoado pelo Seu Tião em nossa homenagem. Bonito mesmo!
Depois do almoço, lá fomos nós encontrar a turma do Jongo Dito Ribeiro. Aliás, pra quem não conhece o jongo, uma dica: conheça! A batida do tambor é irresistível, as vozes são lindas e a felicidade dos participantes da roda contagia a todos. Na roda de jongo, fé e festa se encontram e resistir ao desejo de entrar na dança é tarefa das mais difíceis. Resultado: mais imagens e entrevistas muito bacanas...
Já no entardecer, correndo contra o tempo para aproveitarmos a beleza da luz do fim do dia, registramos uma apresentação do Grupo Urucungos, com o seu inigualável Samba de Bumbo. Simplismente uma das coisas mais bonitas que já tive a oportunidade de gravar. Ver aquelas pessoas ali, no meio de um grande terreno gramado, cantando, batucando e dançando - sendo felizes! - me fez pensar na força da cultura popular brasileira, na vastidão e na diversidade desse país gigante e que esconde tantas manifestações cheias de beleza e de encantamento, das quais muitas vezes sequer chegamos a tomar conhecimento.
Fiz imagens de tudo isso com a minha câmera. Assim que tiver um tempinho, edito um clipe curto e publico aqui, ok?
É isso, turma! Só quis escrever o post pra registrar as descobertas do dia e pra dividir as informações com vocês. E pra dizer que, sim, meu sábado de carnaval foi bem diferente do que havia planejado um ano atrás. E exatamente por isso, me reservou grandes e belas surpresas...
E é essa a beleza da vida, né?

PS.: Amanhã volto ao Rio! Pronto pra curtir os dias restantes da Festa de Momo! Curtam bastante também e bom carnaval pra todos!
Postar um comentário