11.12.08

Vergonha nacional!

Não faltam absurdos nesse país. Mas os absurdos da Justiça, realmente, estão entre os que mais me estarrecem! A absolvição do PM responsável pela morte do menino João Roberto é, pra mim, mas um desses casos em que todos os cidadãos de bem são feitos de palhaço; um caso em que a noção de responsabilidade e os direitos humanos foram por água abaixo; e em que a dor de uma família inteira foi solenemente ignorada por essa parte (insensível) do Estado brasileiro.
Que vergonha!
Postar um comentário