23.5.06

Os bastidores...dos bastidores!!!


Fotos de celular:
1- A vaga do "Homem do Baú" / 2- Hebe nos bastidores, e os seguranças / 3- Gravação rolando. No sofá, além da "Loiruda", Magic Paula e o jogador Denílson.

Logo na entrada já dá pra notar que estamos entrando no universo fantástico da televisão. O logotipo sobre a portaria serve de alerta aos incautos: aquela é a fábrica de sonhos do SBT. O tamanho e a estrutura do Centro de Televisão da Anhangüera impressionam mesmo os que já estão habituados ao mundo da televisão.
Nossa missão era registrar os bastidores da gravação do programa "Hebe". Chegamos no horário marcado. Caía uma chuva fina, típica de São Paulo. Paramos a van bem pertinho da entrada da recepção. Logo no desembarque, olho pro chão e me deparo com um estrela. Ali, pintada no asfalto. E descubro que, ao lado da nossa van, está parado o carro de Sílvio Santos. Enquanto eu faço o click daquela calçada da fama a la SBT- a foto vai ilustrar esse post assim que eu conseguir mandá-la pra cá - a equipe descarrega os nossos equipamentos. De repente, movimentação: homens de terno e rádio-comunicadores nas mãos estão correndo na nossa direção.
- O Sílvio Santos está saindo agora. Vocês podem, por favor, colocar o carro numa outra vaga?
Cena de filme mesmo. Esquema de segurança forte; aquela é uma das maiores personalidades do Brasil. A mesma cena se repetiria momentos depois, no início da noite, com outra estrela: Hebe Camargo. Obedecemos e seguimos em frente...
Como disse, chovia. Já estávamos esperando no estúdio o início da gravação - de Hebe, porque nós já havíamos gravado bastante. Até que um cinegrafista do SBT me informa que a primeira dama da televisão brasileira está presa num engarrafamento. Famintos, Érika - a produtora - e eu resolvemos lanchar. Corremos. Ficamos sabendo que um carro cheio de seguranças partiu ao encontro de Hebe. Comemos. Voltamos. Na entrada do prédio, o carro preto chega em alta velocidade. E se repete a cena: seguranças bem vestidos saltam das quatro portas, rapidamente. Um deles abre um guarda-chuva. E desce a estrela. Ela corre. E nós, também. Precisamos voltar para nossos lugares - reservados pela atenciosíssima produção do programa na segunda fila do auditório.
Minutos depois, a orquestra dá os primeiros acordes do tema do programa. A platéia - recheada daquelas típicas senhorinhas fãs da loiruda - vai ao delírio. As luzes traçam um balé sobre o palco - e sobre o indefectível sofá, a outra grande estrela da atração. E surge a dona da festa: Hebe Camargo, pioneira da televisão brasileira, radiante para comandar mais uma noite de festa!
Olho para Celso, nosso cinegrafista, já atracado com a câmera apontada para Hebe e para a movimentação - frenética, aliás, dos bastidores. Ali começava mais uma noite de trabalho pra gente também...
Postar um comentário