7.4.06

No duro?

Depois de ler que, mais uma vez, Sílvio Santos tirou o Programa do Ratinho de sua grade, caiu minha ficha: o crescimento da audiência da Record tá deixando o homem do baú inquieto. Perder a vice-liderança no horário nobre é sinônimo de perder dinheiro de anunciantes. E o patrão não quer correr esse risco...
O problema, na minha modesta opinião, é que o Sílvio tá descaracterizando o SBT. Escondeu a Hebe num horário que ninguém assiste, chacoalhou a Galisteu pela grade inteira - e ainda expôs publicamente sua insatisfação com a moça - e mudou demais o horário do telejornal da Ana Paula Padrão. Televisão é hábito; o público se acostuma a ver tal programa em tal horário. E, quando procura e não encontra, não tem muita paciência pra correr atrás...
Tem gente que torce o nariz pro SBT. Dizem que a rede é cafona demais, paulista demais, trash demais. Independente disso, eu acho que o canal tem grandes méritos e é protagonista de grandes momentos da história da televisão brasileira. Quem não lembra da Casa dos Artistas furando o BBB da Globo e derrubando o até então imbatível Fantástico? E da febre do Show do Milhão? Isso só pra citar os acertos mais recentes...! Acho que só isso já é suficiente pra torcer para que as coisas se acertem por lá. Sem contar que é bom demais ter uma grande rede de televisão sem horários vendidos pra Igrejas, programas de televendas ou para leilões de anéis e tapetes...
Pra quem quer saber mais sobre as mais recentes mudanças no SBT, é só clicar aqui.
Postar um comentário