27.7.10

Sobre a separação de Cláudia Raia e Edson Celulari...

Se você é um leitor fiel do B@belturbo, deve saber que não pretendo bancar o Ego nesse post. Portanto, não me interessam os motivos que levaram os dois atores à separação. E torço para que os dois sigam trajetórias bem sucedidas e felizes daqui pra frente.
O que me intrigou nessa história foi pensar nesse triste aspecto da fama. Raia e Celulari, que conduziram suas vidas com discrição e sem grandes sobressaltos midiáticos, precisaram falar, via assessoria de imprensa, de um momento sempre delicado e angustiante da vida de qualquer (ex) casal. Falo de cadeira: eu já fui casado e já me separei; e esse não é lá o tipo de fase em que se busca a exposição. Claro que nunca tive a fama desses dois grandes nomes da televisão brasileira, mas entendo que há sutilezas e percalços que são comuns a todos: sejam astros ou simples partícula de poeira cósmica... 
Anunciar publicamente uma separação, em casos como esse, soa como um sinal. Algo do tipo: "não torrem nosso saco inventando histórias: acabou e só falaremos disso". Válido, ok. Mas...sei lá...tendo a achar cruel que pessoas precisem passar por cima de seus sentimentos em situações desse tipo para que seja satisfeita a gana por...por fofoca! Sim, pura e simples fofoca!
Ou a vida de alguém vai mudar por conta do divórcio de Cláudia Raia e Edson Celulari???
É por essas e outras que reafirmo algo de que já falei aqui: ser famoso pode ser bom, mas também deve ser um saco!!!
Postar um comentário