24.8.10

Quase uma trova para uma quase história...

Por achar que talvez não fosse aquele o momento, nada fez.
Por ouvir que talvez não estivessem em sintonia, desconversou.
Por acreditar no que disseram, entimidou-se.

Por não insistir, entristeceu-se.
Por calar, envergonhou-se.
Por tudo isso, arrependeu-se.

Postar um comentário