30.12.10

A nossa intensidade...

Sorri pra mim com essa cara safada de quem sabe provocar. Olho essa tua boca e sinto vontade de mergulhar nela. E mergulho, deixando de lado o fato de que nunca sei nadar direito em você. Mergulho com vontade, com desejo, botando pra fora uma saudade que eu nem sabia que trazia comigo.
Você acha graça, diz que sou maluco e acha tudo muito doido. Deliciosa loucura é você, eu penso. E me divirto com esse devaneio lascivo que é te ter nos meus braços, corpo colado ao meu, elevando a temperatura a níveis que só são alcançados quando estamos assim, agarrados, cheios de vontade e com disposição de mostrar que o tempo não muda nada entre nós. Ou, melhor, que ele só melhora as coisas.
Beijos, mordidas, sussurros, gemidos...paixão! Se tivesse que resumir tudo numa só palavra, diria intensidade. E, com o sorriso que tenho agora no rosto, diria que nunca foi tão bom ser assim... intenso!
Postar um comentário