18.11.06

Pra Débora...

Pequenina e apressada, você surpreendeu a todos nós hoje. Pequenina, apressada e esperta: tenho a certeza de que você já deve saber que esse mundo aqui fora é muito mais bonito do que dava pra imaginar lá dentro da barriga da sua mãe...
Um mundo com muita gente bacana pra você conhecer, muita coisa boa pra você fazer! E muito, muito amor guardado pra você. De um montão de gente que já te amava e te queria muito, desde quando você ainda era menor que um grãozinho de feijão.
Que você traga muitas alegrias aos seus pais e seus avós, pessoas muito especiais pra mim. Pra sua irmã, tão feliz desde o momento em que soube que você seria menina como ela. Que seu caminho seja cheio de luz; e que você sempre, sempre tenha mais motivos pra sorrir do que pra
chorar. E que saiba que, quando o choro for inevitável, vai ter sempre um colo amigo pra te amparar.
Que Deus te abençõe, te ampare e olhe sempre por você, viu, caçulinha?
E um beijão do seu primo aqui...
Postar um comentário