13.12.06

About...*

Trago em mim um pouco do garotinho de cabelos claros e olhos tristes que jogou video-game com o pai na última noite que passaram juntos. Trago em mim o moleque tímido, que sentia vergonha de chegar tarde na escola - atrasado - só por saber que era observado por todos. Moleque que vivia com problema de garganta, sempre adoentado nas festas de família...
Trago em mim muito do jovem que aprendeu a fazer do bom humor uma arma e tanto para superar a timidez. E que trocava qualquer balada por um bom livro, por uma boa música tocando.
Ainda sou o cara que viu - no primeiro dia de universidade - um mundo novo abrir as portas e lhe chamar. Um mundo de novos amigos, de muitas conquistas, de muitas alegrias. Um mundo novo para o velho menino de olhos entristecidos.
Ainda sou o cara que gosta de falar e de ouvir os amigos. Que ama literatura, música, cinema. O cara que tem uma música sempre em mente. O meninote que ganhou - há uns vinte anos - um microfone de presente de aniversário, sem nem poder imaginar que, tanto tempo depois, teria nesse objeto um de seus principais instrumentos de trabalho...
Trago em mim alegria e tristeza, dor e contentamento, ternura e rispidez, timidez e extroversão. Trago em mim um mar de anseios,questionamentos, fraquezas e vontades. Ondas de risos e tormentas de lágrimas. Trago tudo isso dentro dos olhos tristonhos do molequinho de cabelos claros e cacheados.
E tudo isso me faz ser quem sou...
*me...
Postar um comentário