5.1.11

Obedece?

É fácil! É só me deixar beijar sua boca de novo, passando minha mão na tua nuca e deixando tua pele arrepiada. Obedece quando eu pedir pra você morder meu pescoço e colar forte teu corpo no meu. Obedece, vai! Obedece porque eu sei que a gente encaixa!
Sei disso porque te reconheci logo no primeiro olhar. Ok, talvez tenha sido lá pelo segundo ou terceiro. Duvidei que aquele olhar era pra mim, mas mirei você firme com o meu. Acho que foram alguns minutos até lembrar que era justamente aquele seu sorriso que eu tava buscando. Um sorriso de corpo todo...
Aí eu ri. Ri pra você e pra essa vida maluca que, como tanta gente já disse, parece mesmo uma montanha-russa. Dei risada para um novo personagem que surgia diante de mim e pra vontade de escrever uma história nossa. Com o gosto bom de um delicioso começo...
Postar um comentário