3.1.11

E 2011 veio com tudo!

Essa foi uma virada diferente de todas as demais nesses meus 30 anos. Pela primeira vez eu não estava com minha família. Passei ao lado de amigos queridos, numa festa animada e bem divertida. Amo a minha família, mas também é muito bom ficar do lado daqueles que, ao longo do caminho, a gente elege para que estejam ao nosso lado.
Meia-noite, o Dj sapecou "Na base do beijo", de Ivete Sangalo. No Facebook, eu disse que nunca uma música pareceu tão deliciosamente profética quanto essa!
E o ano começou assim: leve, divertido, gostoso. E se, muitas vezes, bate aquela melancolia na hora da virada, 2011 já chegou deixando gostinho de quero mais...
Aí veio do dia primeiro. Depois de dormir pouquíssimo, fui para o almoço familiar e logo garanti meu lugar em frente à TV: não queria perder um único instante da posse da presidenta Dilma Rousseff. E como eu gostei de ver aquelas imagens. Fiquei impactado com o ineditismo da situação e, em especial, pela volta que o mundo deu ao colocar uma ex-presa política, que chegou a ser torturada no regime militar, passando em revista as tropas no Planalto. Impossível não pensar na ironia que há no fato de o Exército, naqueles instantes, ter a incumbência de proteger a mulher que, décadas atrás, prendeu e torturou.
E como foi bonito ver essa mulher, a primeira a chegar à presidência, beijar a nossa bandeira. Como foi bonito percebê-la emocionada - apesar da fama de durona - ao se dizer "presidenta de todos os brasileiros". Como foi bonito vê-la lembrar os companheiros que "tombaram no caminho". Sem dizer na beleza de história de alguém que, como ela, pode se orgulhar de ter "dado sua juventude" pelo país.
Vi as quase cinco horas de cerimônia e levantei da poltrona cansado, mas feliz. E esperançoso. Muito bom começar o ano assim...
Enfim, bora aproveitar esse 2011! Aposto que ele vai passar rapidinho!!!
E vamo que vamo!!!
Postar um comentário