2.2.07

Vida de operário

Acordar quando todos já estão no trabalho e trabalhar quando todos aproveitam o melhor do sono. Saber das notícias só por vê-las ao longe, nas páginas dos jornais. E dedicar todo e qualquer tempo livre para fazer as pazes com Morpheu. Sem falar na continha ingrata que ronda a mente na hora de sair de casa: o retorno, na melhor das hipóteses, acontecerá apenas 18 horas depois!
Postar um comentário