12.6.11

De volta pra mim...

Aconteceu quando eu menos imaginava. Foi assim, numa noite, no meio de uma festa. Ouvindo uma dessas músicas que falam das coisas do amor, dançando no meio da multidão, fechei os olhos e vi. Vi você, leve, entregue ao momento, deixando-se levar por um clima de alegria e diversão. 
Gostei.
Abri os olhos e a visão da cantora boazuda no palco não me distraiu. Continuei pensando em como é gostoso estar na sua companhia, rir contigo e me divertir com os amigos que você escolheu e que verdadeiramente o escolheram. 
Sorri.
Sozinho, dançando, sorri de verdade, como há tempos não fazia. Um riso puro, tranquilo, em paz. Sorri por notar que você, que andou longe de mim, chegou para tomar novamente o seu lugar aqui dentro. Sorri por sentir a força tomar conta de mim novamente. 
Sorri pelo que você é. 
Sorri pelo que eu sou.
E sorri, veja só, por ter voltado a ser você!
Postar um comentário